5.11.2015




de todos os mistérios que guardo
talvez todos inexistam,

pois os segredos são invenções do desejo.

Minto  aceitá-los reais,
finjo tê-los,
sê-los perigosos,
mas não são nada além de inverdades ocultas.

Por detrás do véu não há nada.
Porém, antes de retirá-lo, há tudo que se permite imaginar.

Quando o  indizível instiga,
o invisível é revelador